5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

Publicado em: 24 de novembro de 2023 Por:

Compartilhar:

WhatsAppFacebook

A Amazônia é uma região que abrange nove países da América do Sul, sendo o maior bioma do Brasil. Ela é conhecida por sua rica biodiversidade, sua floresta tropical, sua bacia hidrográfica e sua importância ecológica e social. Mas você sabia que a Amazônia também tem uma grande influência na cultura brasileira e sul-americana? Neste artigo, vamos mostrar cinco formas de como a Amazônia se manifesta na arte, na música, na literatura, na gastronomia e na religião desses povos. Vamos lá?

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

A Amazônia na arte

A arte amazônica é marcada pela diversidade de expressões, técnicas e materiais, que refletem a pluralidade de povos, etnias e culturas que habitam a região. A arte indígena, por exemplo, é uma das mais antigas e ricas, que utiliza elementos da natureza, como madeira, argila, fibras, penas, sementes e tintas vegetais, para criar objetos utilitários, decorativos e rituais, como cestos, potes, máscaras, colares, cocares e pinturas corporais. A arte indígena também influenciou outros artistas, como o pintor peruano Pablo Amaringo, que retratou em suas obras as visões e experiências do xamanismo amazônico.

A arte popular, por sua vez, é uma forma de expressão que revela a identidade, a criatividade e a resistência dos povos amazônicos, que utilizam materiais reciclados, como latas, garrafas, pneus e tecidos, para criar obras de arte, como esculturas, bonecos, brinquedos e instrumentos musicais. Um exemplo de arte popular é o Movimento Armorial, criado pelo escritor brasileiro Ariano Suassuna, que buscou valorizar as raízes culturais da região Nordeste, inspirando-se na estética medieval, na literatura de cordel, na xilogravura e na música de rabeca.

A arte contemporânea, por fim, é uma forma de expressão que dialoga com as questões sociais, políticas e ambientais da Amazônia, utilizando diferentes linguagens, como pintura, fotografia, vídeo, performance e instalação. Um exemplo de arte contemporânea é o trabalho da artista brasileira Claudia Andujar, que dedicou sua vida a documentar e defender os direitos dos índios Yanomami, registrando em suas imagens a beleza, a cultura e as ameaças que esse povo enfrenta.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

A Amazônia na música

A música amazônica é outra forma de expressão cultural que revela a diversidade e a riqueza da região. Ela é resultado da mistura de ritmos, instrumentos e influências de diferentes origens, como indígena, africana, europeia e caribenha. A música amazônica também é uma forma de resistência e de afirmação da identidade dos povos que vivem na região, que utilizam a música como meio de comunicação, de educação, de lazer e de celebração.

Um dos gêneros musicais mais conhecidos da Amazônia é o carimbó, originário do estado do Pará, no Brasil. O carimbó é uma dança de roda, que envolve homens e mulheres, que se movimentam ao som de tambores, flautas, maracas e um instrumento de corda chamado curimbó. O carimbó tem influência indígena, africana e portuguesa, e suas letras falam de temas como o amor, a natureza, a religião e a história.

Outro gênero musical típico da Amazônia é a cumbia, originária da Colômbia, mas que se espalhou por vários países da região, como Peru, Equador, Bolívia e Venezuela. A cumbia é uma dança de casal, que envolve passos sincronizados, giros e movimentos de quadris, ao som de instrumentos como clarinete, trompete, acordeão, guitarra e percussão. A cumbia tem influência africana, indígena e espanhola, e suas letras falam de temas como o amor, a festa, a saudade e a crítica social.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

A Amazônia na literatura

A literatura amazônica é uma forma de expressão cultural que utiliza a palavra escrita para narrar, descrever, interpretar e criticar a realidade, a história, a cultura e a imaginação da região. A literatura amazônica é composta por diversos gêneros, como romance, conto, poesia, crônica, ensaio e jornalismo, e por diversos autores, que representam diferentes perspectivas, estilos e propósitos.

Um dos autores mais famosos da literatura amazônica é o brasileiro José de Alencar, que escreveu o romance Iracema, publicado em 1865. Iracema é uma obra que pertence ao movimento literário do romantismo, que buscava valorizar a identidade nacional, a natureza e o sentimento. Iracema conta a história de amor entre uma índia e um colonizador português, que simboliza a origem do povo brasileiro. A obra é considerada uma das mais belas da literatura brasileira, e tem como cenário a região do Ceará, no Nordeste do Brasil, que faz parte da Amazônia Legal.

Outro autor importante da literatura amazônica é o peruano Mario Vargas Llosa, que escreveu o romance A guerra do fim do mundo, publicado em 1981. A guerra do fim do mundo é uma obra que pertence ao movimento literário do realismo mágico, que buscava retratar a realidade latino-americana, misturando elementos fantásticos, históricos e sociais. A guerra do fim do mundo conta a história de uma revolta popular, liderada por um líder religioso, que ocorreu no estado da Bahia, no Brasil, entre 1896 e 1897. A obra é considerada uma das mais complexas e ambiciosas da literatura latino-americana, e tem como cenário a região do sertão, que também faz parte da Amazônia Legal.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

A Amazônia na gastronomia

A gastronomia amazônica é uma forma de expressão cultural que utiliza os ingredientes, os sabores, as cores e os aromas da região para criar pratos deliciosos, nutritivos e variados. A gastronomia amazônica é influenciada pela culinária indígena, que utiliza produtos da terra, como mandioca, milho, batata-doce, cará, banana, abacaxi e cupuaçu, e produtos da água, como peixes, camarões, tartarugas e piranhas. A gastronomia amazônica também é influenciada pela culinária africana, que trouxe o uso de temperos, como pimenta, coentro, cebola e alho, e pela culinária portuguesa, que trouxe o uso de produtos de origem animal, como leite, queijo, ovos e carne de porco.

Um dos pratos mais famosos da gastronomia amazônica é o tacacá, uma sopa quente e picante, que é servida em uma cuia, e que leva caldo de tucupi, goma de mandioca, jambu, camarão seco e pimenta. O tacacá é um prato típico do estado do Pará, no Brasil, mas também é consumido em outros estados da região, como Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima.

Outro prato típico da gastronomia amazônica é o ceviche, um prato frio e refrescante, que é servido em um prato fundo, e que leva peixe cru marinado em suco de limão, cebola roxa, coentro, pimenta e sal. O ceviche é um prato originário do Peru, mas que se popularizou em vários países da região, como Equador, Colômbia, Bolívia e Venezuela.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

A Amazônia na religião

A religião amazônica é uma forma de expressão cultural que utiliza a fé, a crença, o ritual e a simbologia para se relacionar com o sagrado, o transcendente e o mistério. A religião amazônica é marcada pela diversidade e pela sincretismo, que é a mistura de elementos de diferentes tradições religiosas, que se adaptam e se transformam de acordo com o contexto e a cultura de cada povo.

Uma das religiões mais antigas e presentes na Amazônia é o xamanismo, que é a prática de comunicação com os espíritos da natureza, dos animais, dos ancestrais e dos deuses, através de rituais, cantos, danças, plantas e substâncias psicoativas. O xamanismo é praticado por diversos povos indígenas da região, que têm seus próprios xamãs, que são os líderes espirituais, os curadores e os mediadores entre o mundo natural e o mundo sobrenatural.

Uma das religiões mais recentes e populares na Amazônia é o cristianismo, que é a crença em Jesus Cristo como o filho de Deus, o salvador e o modelo de vida. O cristianismo chegou à região com os colonizadores europeus, que impuseram sua religião aos povos nativos, mas que também sofreram a influência das culturas locais. O cristianismo na Amazônia se manifesta em diversas denominações, como catolicismo, protestantismo, pentecostalismo e neopentecostalismo, e em diversas expressões, como festas, procissões, santuários, igrejas, comunidades e movimentos sociais.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

Dúvidas comuns sobre a Amazônia e a cultura

A Amazônia é uma região que desperta muita curiosidade, admiração e também muitas dúvidas. Aqui, vamos responder algumas das perguntas mais frequentes sobre a Amazônia e a cultura.

  • A Amazônia é só floresta?

Não. A Amazônia é uma região que abrange diversos ecossistemas, como florestas, savanas, campos, várzeas, igapós e ilhas fluviais. Cada um desses ecossistemas tem sua própria flora, fauna, clima e solo, e abriga diferentes povos e culturas.

  • A Amazônia é só Brasil?

Não. A Amazônia é uma região que abrange nove países da América do Sul: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela. Cada um desses países tem sua própria história, política, economia e cultura, e compartilha com os demais a responsabilidade de preservar e desenvolver a região.

  • A Amazônia é só indígena?

Não. A Amazônia é uma região que é habitada por diversos povos, etnias e culturas, que se originaram ou se estabeleceram na região ao longo dos séculos. Além dos povos indígenas, que são os mais antigos e numerosos, há também os povos quilombolas, ribeirinhos, caboclos, mestiços, migrantes, urbanos e outros. Cada um desses povos tem sua própria língua, religião, tradição e modo de vida, e contribui para a diversidade e a riqueza da cultura amazônica.

5 Formas de como a Amazônia Influencia a Cultura Brasileira e Sul-americana

Neste artigo, mostramos cinco formas de como a Amazônia influencia a cultura brasileira e sul-americana, através da arte, da música, da literatura, da gastronomia e da religião. Vimos que a Amazônia é uma região que tem uma grande diversidade e riqueza cultural, que reflete a pluralidade de povos, etnias e culturas que habitam a região, e que contribuem para a formação e a identidade dos países que a compõem. Esperamos que você tenha aprendido algo novo e interessante sobre a Amazônia e a cultura, e que você possa valorizar e respeitar essa região tão importante e fascinante. Se você gostou deste artigo, deixe um comentário com sua opinião sincera e suas sugestões. Obrigado pela leitura!

Compartilhar:

WhatsAppFacebook

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To top